Home » Educação » Atividades lúdicas estimulam leitura e escrita dos alunos em escola da Rede Municipal
10 de junho de 2019, 16:46

Atividades lúdicas estimulam leitura e escrita dos alunos em escola da Rede Municipal

Com o objetivo de estimular a leitura e a escrita dos alunos na Rede Municipal de Ensino, a Prefeitura de Mata de São João, através da Secretaria de Educação (Seduc), aposta em novos métodos, utilizando telefones de tubos de PVC, contação de histórias, músicas, poesias e até uma sorveteria de sílabas.

A experiência, que está em teste na Escola Municipal Valdete Seixas de Oliveira, de Amado Bahia, tem atraído bastante a atenção dos alunos e já rende excelentes resultados. O projeto, gerido pela experiente professora de língua portuguesa Cláudia Soares, tem tornado as aulas mais atraentes.

O telefone de PVC é uma ferramenta que ajuda a ampliar a escuta e corrigir a leitura

O telefone feito com tubos e conexões de encanamento, por exemplo, possibilita que os alunos façam as leituras e avaliem os desempenhos, buscando corrigir as deficiências. “Este brinquedo contribui para que nossos alunos ampliem a escuta e corrijam a leitura”, avalia Cláudia Soares.

Contação de histórias – A professora Juvenice Candelas aposta na contação de história, prática milenar, que até os dias atuais consegue atrair os estudantes. Segundo ela, crianças e adolescentes, que antes enfrentavam algumas dificuldades, conseguem superar determinadas barreiras, graças a métodos simples.

“Observei que as aulas ficaram mais prazerosas, pois os alunos gostam de ouvir, depois eles começam a construir desenhos com base na interpretação. Aí o tempo passa rapidinho e gente nem sente”, conta Juvenice Candelas.  

As educadoras convidam os estudantes para visitarem também a sorveteria das silabas, onde elas compram palavras com dinheiros fictícios, feitos com madeira, para formarem frases. Depois, os alunos contam os caminhos que foram trilhando para tal resultado, com base na interpretação.

Além de tudo isso, o cronograma das atividades inclui músicas, poesias e outras artes para ensinar temas como oração subordinada, interpretação de texto, concordância verbal, silabas tônicas, dentro outros assuntos.