Cultura e História marcaram a celebração de 80 anos de tombamento do Castelo Garcia D’Ávila
Home » Cultura e Turismo » Cultura e História marcaram a celebração de 80 anos de tombamento do Castelo Garcia D’Ávila
16 de maio de 2018, 15:46

Cultura e História marcaram a celebração de 80 anos de tombamento do Castelo Garcia D’Ávila

No último sábado (12), a Fundação Garcia D’Ávila, em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e a Prefeitura Municipal de Mata de São João promoveram uma cerimônia em comemoração aos 80 anos de tombamento do Castelo Garcia D’Ávila (Casa da Torre), onde novos projetos pensados para a manutenção da estrutura do Castelo foram apresentados.

Na tarde de comemoração, a Secretaria de Cultura e Turismo apresentou alguns projetos de revitalização do Castelo Garcia D’Ávila, além da proposta da criação de um Museu de Arqueologia, com o intuito de fortalecer ainda mais a história do local e um espetáculo de mapeamento (som e luz). Para o Secretário de Cultura Turismo de Mata de São João, Alexandre Rossi, “a cerimônia foi bastante produtiva para o município, pois com certeza renderá frutos para revitalizar um dos maiores edifícios do Brasil, onde aconteceu a miscigenação do povo brasileiro”, declarou.

Quem esteve presente no momento de celebração foi a Presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Kátia Bogea, assim como o Deputado Federal João Gualberto, o Prefeito de Mata de São João, Marcelo Oliveira e o Secretário de Cultura e Turismo do Município, Alexandre Rossi, além de todo o Trade Turístico, a comunidade local, as demais secretarias do Município e os índios da tribo Kariri Xocó, que tiveram grande relevância nas lutas da independência.

 

Castelo Garcia D’Ávila (Casa da Torre) – O Castelo de Garcia D’Ávila, em Praia do Forte, litoral norte da Bahia, foi iniciado em 1551 e concluído em 1624. Suas ruínas estão entre as mais antigas do Brasil. Foi a maior edificação portuguesa construída no Brasil, até a época. A Torre de Garcia D’Ávila, construída em estilo medieval, era um posto de observação estratégico e recebeu o nome de Torre Singela de São Pedro de Rates. O Castelo, ou a Casa da Torre, era a sede de uma imensa sesmaria. Existia um sistema de comunicação estabelecido através de chamas no alto da Torre.

 

Confira as fotos desse evento!