Home » Administração e Finanças » Gestão de Mata é a melhor entre municípios baianos com menos de 50 mil habitantes
4 de julho de 2019, 10:30

Gestão de Mata é a melhor entre municípios baianos com menos de 50 mil habitantes

O município de Mata de São João tem a melhor gestão pública da Bahia de acordo o Índice de Governança Municipal (IGM-CFA), na categoria entre 20 mil e 50 mil habitantes e PIB per capita entre R$ 14.461 e R$ 296.459. O estudo, realizado pelo Instituto Publix, sob encomenda do Conselho Federal de Administração (CFA), foi divulgado nesta semana.

O Índice CFA de Governança Municipal foi lançado em novembro de 2016 e tem seus parâmetros de governança pública pautados nos temas Finanças, Gestão e Desempenho. A pesquisa considera áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, transparência, violência, dentre outras.

“Esse índice é mais um indicador do desempenho da administração pública, especificamente dos municípios brasileiros. O resultado deste estudo é o reconhecimento do nosso trabalho. Toda a prefeitura está de parabéns e deve ficar orgulhosa”, comemora o prefeito de Mata de São João, Marcelo Oliveira.

O gestor municipal reitera que o estudo reflete o esforço nas áreas da educação, da saúde e da infra-estrutura e que o reconhecimento sempre é bom e estimula a continuidade do trabalho.

O Índice de Governança Municipal se destaca e se diferencia dos demais índices de avaliação para mensuração de gestão pública municipal, por contemplar uma visão mais ampliada. Sobretudo pela relação entre as dimensões fiscal, gestão e desempenho.

Resultados – No índice geral, Mata de São João atingiu a nota 6,93 pontos, seguida por Sobradinho (6,35), São Desidério (6,21), Mucuri (6,05) e mais 12 cidades, que se enquadram na mesma categoria. No quesito finanças, o município também foi  o segundo melhor avaliado, com nota 6,92 pontos, perdendo apenas para São Desidério (7,04).

No critério Gestão, Mata de São João obteve nota 6,5, ficando atrás apenas de Sobradinho (7,19). Já em desempenho, ficou com nota 7,09. Sobradinho também foi o líder neste quesito, com 7,46 pontos.

“Temos procurado tornar a vida dos matenses melhor e, felizmente, temos conseguido. Nosso município é reconhecido como o melhor administrado da Bahia, entre aqueles da sua categoria”, orgulha-se o prefeito Marcelo Oliveira

Mata de São João vem se destacando ao longo dos anos em todos os índices de avaliação de gestão. Os excelentes posicionamentos em rankings de educação, saúde, turismo, qualidade de vida, entre outras áreas, é fruto de um trabalho iniciado em 2005, com as gestões do ex-prefeito e ex-deputado federal João Gualberto Vasconcelos e continuada com Marcelo Oliveira, que encerra o seu segundo mandato em 2020.

Na metodologia de avaliação de Governança Municipal, destaca-se agrupamento de municípios semelhantes e definição de metas a serem atingidas pelos municípios. Essa metodologia permite uma comparação mais justa e efetiva entre os municípios.

Para quem serve o IGM – O Índice pode ajudar os gestores dos municípios a visualizar as necessidades e as boas práticas de sua região. Com acesso às informações geradas pelo estudo, estimula-se também a participação social, contribuindo ainda para maior integração do governo com a sociedade.

O IGM pode também orientar o setor privado em suas ações, voltadas para o desenvolvimento, incluindo alocação de recursos e público-alvo de suas atividades. Os dados abertos possibilitam diversos tipos de análises sobre os municípios, estados e regiões brasileiras, sendo possível identificar exemplos de boas práticas e os principais desafios enfrentados.